Buscar
  • Marcos Koslopp

Cores para imobiliárias: como definir as minhas?

O mercado imobiliário possui alta concorrência, sendo necessário encontrar estratégias para se diferenciar dentre os demais e fidelizar o cliente. Portanto, o marketing imobiliário se torna cada vez mais presente nas empresas do ramo promovendo resultados efetivos nas vendas e no relacionamento com o consumidor. Existem diversas táticas que podem ser utilizadas e a implantação correta das cores é uma delas, visto que podem transmitir sensações, lembranças e estimular desejos.


Pode parecer bobagem, mas em mercados saturados, como o imobiliário, utilizar técnicas e mecanismos de marketing é essencial para se tornar referência e alavancar suas vendas. Sendo assim, aprenda mais sobre o poder das cores e como utilizá-las a seu favor em sua imobiliária.


A sinestesia e as cores


Falando um pouco sobre a sinestesia das cores, que é muito estudada no marketing para embalagens e produtos, algumas cores estão relacionadas com certos sabores e até mesmo passam alguma sensação, como na área da saúde, veja alguns exemplos:


· Acidez: está ligada ao amarelo esverdeado;


· Doce: pode se relacionar com laranja, amarelo, vermelho e rosa;


· Amargo: relaciona-se com azul-marinho, café, verde-oliva e violeta;


· Salgado: está relacionada ao cinza-esverdeado e azulado;


· Verde claro: tranquiliza pacientes perturbados;


· Vermelho: estimula as emoções. Perturba o equilíbrio, produz nervosismo, mau temperamento, fortes dores de cabeça e super estimula o sistema nervoso;


· Cinza: diminui o nervosismo e insônia;


· Marrom: pode provocar enjoo em passageiros quando o interior do veículo é pintado nessa cor;


· Luz branca: faz bem ao fígado;


· Luz anilada: possui poder analgésico;


· Luz e cor verde: nas paredes e em vibrações possuem efeito tranquilizante.


Sendo assim, ao escolher as cores para sua imobiliária pense nas sensações que deseja produzir nas pessoas, diminuindo qualquer chance de transmitir uma sensação indesejada.


As cores e a publicidade


Ao criar a marca de sua imobiliária, saiba utilizar as cores do logotipo, estabelecimento e inclusive de sua roupa a seu favor para influenciar nas atitudes de seus clientes e futuros clientes de forma positiva. Confira alguns exemplos:


· Preto: Poder, sofisticação, atemporalidade, prestígio, mistério. Mais utilizado em marcas elegantes, mas com um toque de simplicidade, como Apple, Nike e Pandora.


· Branco: Transparência, pureza, nobreza, suavidade, limpeza. Indicada para espaços pequenos para promover sensação de amplitude. Marcas como Adidas, Sony e Converse são alguns exemplos.


· Rosa: Romance, delicadeza, diversão, inocência. Utilizada para atingir públicos feminino, romântico e delicado, como Barbie, Victoria’s Secret e Marisa.


· Vermelho: Dinamismo, paixão, agressividade, energia. Voltada para produtos alimentícios e em marcas com relação a automóveis, como Coca-Cola, Doritos e Toyota.


· Azul: Confiança, profissionalismo, sinceridade, calma, seriedade. Ideal para bancos, produtos medicinais, tecnológicos e companhias aéreas, como Dell, Azul, HP.


· Verde: crescimento, renovação, natureza, juventude, ética. Utilizada em produtos ambientais e associada a coisas boas, dinheiro, dinamismo e energia. Marcas como Spotify, Starbucks e Animal Planet são adeptas a essa cor.


· Amarelo: Alegria, simpatia, otimismo, positividade. Restaurantes utilizam essa cor para estimular o apetite, além de poder ser utilizada para gerar dinamismo e alegria. Alguns exemplos são McDonald’s, Ferrari e National Geographic.


· Laranja: Inovação, modernidade, vitalidade, acessibilidade. Recomendada para atingir o público juvenil, como FOX, Nick e Fanta.


· Roxo: Luxo, realeza, sabedoria, espiritualidade. Mais voltada para conteúdo de fantasia e é associada a criatividade, imaginação e crescimento. Vivo, Nubank, Yahoo.


As cores e o marketing imobiliário


O Marketing Imobiliário está diretamente ligado ao relacionamento com clientes, afinal, sem ele não existe a venda. Sendo assim, a confiança é fator fundamental para transmitir ao cliente e futuro cliente, visto que não adianta o imóvel ser incrível e o atendimento e relacionamento com a imobiliária não atender as expectativas do consumidor, sendo essa a principal peça para fechar a venda. Em muitos casos, o imóvel não é apenas uma casa ou apartamento, mas representa um sonho e objetivo alcançado, não possuindo baixo investimento.


Por isso, tenha em mente que é necessário utilizar técnicas e métodos eficazes para transmitir confiança e profissionalismo. Por exemplo, quando encontrar um cliente para mostrar um imóvel ou em uma reunião, dê preferência para tons de azul na hora de se vestir, passando segurança e confiança para ele. Além disso, pense em tons estratégicos no momento de criar sua marca, logotipo, no espaço físico, etc. Cada empresa deve avaliar quais sensações deseja passar para seu público-alvo para assim utilizar as cores certas e atingir seus objetivos.


Por que utilizar as cores no marketing imobiliário?


Se você ainda não se convenceu, veja alguns dados interessantes sobre a utilização das cores no marketing:


· A marca Heinz mudou a cor de seu logotipo de vermelho para verde e vendeu mais de 10 milhões de garrafas de ketchup nos primeiros 7 meses;


· 93% das pessoas dizem que a visão é o principal fator que influencia a decisão de compra;


· As pessoas fazem um julgamento subconsciente sobre um determinado produto dentro de 90 segundos e até 90% dessa avaliação é baseada apenas nas cores.


A utilização das cores de forma estratégica é uma forma de melhorar a experiência do usuário, além de poder atraí-lo de alguma forma. Por isso, não deixe isso de lado no momento de definir as cores de sua imobiliária.






6 visualizações

Siga-nos nas redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon

Direitos reservados a Marcos Koslopp