Siga-nos nas redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon

Direitos reservados a Marcos Koslopp

Buscar
  • Marcos Koslopp

Fotos podem influenciar na venda de imóveis?

A publicidade on-line é uma questão que levanta muitas dúvidas para aqueles que não contam com uma capacitação na área, mas devido a essa dificuldade é compreensível que algumas pessoas ao trabalharem um imóvel se sintam perdidas. Por exemplo, você acha que as fotos podem influenciar na venda de imóveis?


Na verdade SIM... E muito!


No que diz respeito às mídias sociais, as imagens, sejam elas em forma de fotografias ou vídeos, têm como objetivo desenvolver curiosidade, satisfação e outros sentimentos que influenciam diretamente na decisão de compra.


Mas existem limitações sim, por exemplo, quando uma pessoa compra um vestido pela internet, ela se baseia em informações de numeração e marca, porém nunca experimentou a peça.


Isso ocasiona um tipo de insegurança no usuário comprador, pois diante dessa dificuldade, o medo de gastar dinheiro com algo que não lhe seja conveniente, pode acabar piorando a situação.


No caso dos imóveis não é diferente


Uma pessoa que se interessa por uma determinada residência ou galpão, precisa ter a maior experiência possível, no que diz respeito a conhecer o local.

Devido a isso, as fotos podem influenciar na venda de imóveis com toda a certeza!

O que deve ser observado no momento de escolher as fotos que serão publicadas?


Existem dois erros comuns que devem ser eliminados de sua maneira de trabalhar. Esses erros podem simplesmente derrubar uma campanha de vendas, e fazer com que seu trabalho de impulsionamento se dissolva diante de seus olhos.


O primeiro erro com certeza é postar muitas fotos sem qualidade.


A quantidade de fotos é um fator determinante sim, porém quando elas não possuem boa qualidade, elas devem ser revisadas, pois, o cliente associará esse problema com o próprio imóvel em questão.


Não é algo que ele faça propositalmente, e sim, de maneira automática, pois se as fotos são ruins, por lógica é bem provável que o local também seja.


O segundo erro mais comum é a falta de fotos que demonstrem características positivas


Não adianta tirar uma foto dos cômodos de um apartamento, se você não aproveitar todas as características boas que ele possui.


Por exemplo, é comum tirar fotos de ambientes específicos como os quartos, mas a vista da janela, quando positiva, deverá aparecer também. Caso ela seja uma vista pobre ou diretamente feia, é mais interessante utilizar outro recurso, como focar nos azulejos, teto ou disposição do imóvel.


A ideia aqui não é esconder nada do comprador, e sim, ressaltar os pontos positivos do imóvel.


Com toda a certeza, ao ver que sua intenção é mostrar as coisas boas, com certeza ele entenderá os pontos negativos que todo imóvel possui.

Quais são as principais características as fotos precisam atender?


Sabendo que as fotos podem influenciar na venda de imóveis, é importante saber quais são as dicas para alcançar um bom desempenho em suas publicações.

Fotos tiradas pelo celular, precisam ser avaliadas, pois em alguns casos, a pessoa não consegue obter uma boa qualidade de imagem.


O ideal seria utilizar uma câmera própria para essa finalidade, com o intuito de oferecer a melhor experiência possível em suas mídias digitais.


Cada foto precisa SIM estar detalhada com as informações do local (Embora muita gente pense que isso é desnecessário) uma descrição real que complemente a fotografia é fundamental para quem deseja obter um melhor resultado.


Câmeras profissionais conseguem ludibriar uma má iluminação, portanto, quanto maior for a sua capacidade, melhor também será a imagem.

Outro fator importante é a disposição dos anúncios


Procure posicionar as fotos de seus anúncios de maneira estratégica, sempre variando entre boas e ruins.

A ideia seria posicionar as mais destacadas e bonitas, e diluir as de menor qualidade entre elas, sem as deixarem juntas.


Assim, o cliente encontrará duas ou três ótimas imagens, para cada uma que ele percebe ser de qualidade inferior, e ao trocar a foto, perceberá que se tratou de um caso isolado, e não de um problema com o imóvel.


Tente também trabalhar no texto de apresentação de suas publicações, falando um pouco mais de cada local.


Alguns corretores, (seja por preguiça, ou por simplesmente acharem desnecessário) deixam de escrever um resumo sobre o local, destacando suas qualidades e mostrando tudo o que aquele imóvel oferece.


Isso faz com que você perca oportunidades incríveis!




5 visualizações