Buscar
  • Marcos Koslopp

Gestão financeira imobiliária: Como acabar com a inadimplência?

Não somente no ramo imobiliário, mais em diversos outros, a inadimplência acaba se tornando uma dor de cabeça. Afetando praticamente todo tipo de negócio, nós acabamos por ter de nos adaptar e aceitar essa nova realidade e a partir daí então começar a tomar as medidas necessárias.


Além disso, precisamos ter todo o cuidado na hora de decidir a forma que vamos fazer essa cobrança, para nenhum dos lados serem prejudicados. É importantíssimo saber que se deve ser feita uma cobrança amigável, primeiramente porque o respeito deve estar presente sempre em qualquer comunicação feita pela empresa e segundamente porque isso pode acabar comprometendo de vez as chances desse inquilino quitar essa dívida.


E daí surge a dúvida. o que não devo fazer numa cobrança de dívida? a lei n º 8.078 de 11 de setembro de 1990, que se encontra no Código de Defesa do Consumidor, serve para esta situação. Ela serve para definir partes de uma relação de consumo que pode ser para o destinatário final ou não, ignorando a você corre riscos de sofrer sanções penais ou administrativas. Tendo em seu artigo 42 especificadamente que em uma cobrança de debito, o inadimplente não pode ser exposto ao ridículo e nem a qualquer ameaça ou constrangimento.


Para nossa sorte, hoje em dia possuímos diversas empresas que atuam no ramo de cobranças, tudo para tornar sua gestão financeira imobiliária cada vez mais fácil, uma assessoria de cobrança é nada mais que uma prestadora de serviços contratadas por empresas, para realizar esse trabalho focado em recuperação de débitos. É de certa forma uma opção a ser cogitada, pois assim essa função não precisa ser adiciona a rotina de seus funcionários, fazendo-os focar em suas tarefas habituais, sem prejudicar seus desempenhos.


Mesmo assim, se esta não for uma opção, teremos de nos organizar, e botar a mão na massa! Para isso listamos a seguir algumas dicas de ouro, confira abaixo:


Devo ligar para seu local de trabalho?


Caso o cliente tenha disponibilizado esse número a você, então sim. Porém se acontecer de ele atender e não quiser conversar com você, não insista.


Será que posso ligar nos finais de semana ou fora do horário comercial?


Cuide para não parecer desesperado! De qualquer forma se coloque no lugar desse cliente, ele pode estar passando por situações extremamente delicadas em sua vida, e provavelmente está ciente de sua dívida, talvez até já aguardando seu contato, ligar fora do horário comercial ou tarde da noite por exemplo, você corre o risco de ser ignorado ou bloqueado, o que joga fora todo seu esforço.


Posso enviar mensagens?


Mensagens no geral são muito utilizadas pelas empresas, porém quando se trata de cobranças deve se prestar atenção pois essa mensagem pode acabar sendo vista por colegas de trabalho, familiares ou amigos. O que se tornaria algo extremamente desconfortável para o cliente, sendo também um motivo de ele te ignorar e você não conseguir nem resposta dele, por isso a menos que seja por um canal confiável que seja direto com ele. Tome cuidado!


Preciso receber logo, posso usar algum tipo de ‘’pressão’’?


Absolutamente NÃO, por mais que você precise do dinheiro, isso não lhe da o direito, de por exemplo, dizer ao seu devedor que haverá taxas e juros a mais se ele não pagar ate determinada data, se não haverá, além de violar uma lei, você esta mentindo para seu cliente, dessa forma você acaba botando sua credibilidade e de certa forma sua empresa em risco.


Certo, agora que já sabemos o que não fazer, vejamos de que forma vamos abordar esse cliente e ter sucesso. Sempre de uma forma amigável e prestativa, tente de certa forma, tornar-se amigo desse cliente, para que ele se sinta confortável de conversar com você, até e principalmente em assuntos como esses. Esteja preparado, o que isso quer dizer? Bom, um bom guerreiro não vai à guerra desarmado não é mesmo? Então, ­ primeiro de tudo:


Devemos estar muito bem informados sobre cada detalhe desse débito, tenha em mãos tudo que precisa, valores, termos de vendas e datas de vencimento, o que já foi acordado ate o momento e o que mais pode-se liberar ou disponibilizar para esse cliente, e dessa forma você também terá como já se preparar para prováveis desculpas que ele possa dar a você.


Ser compreensivo e tente entender o motivo real da situação pelo qual ele está passando, assim você terá um guia de por onde começar e de que forma agir. Dessa forma, ambos os lados saem ganhando.


Ter flexibilidade acima de tudo, você sempre saberá quais dos seus clientes realmente não querem pagar. Pois eles desde o início irão te ignorar e bloquear em todos lugares possíveis, por isso é muito importante ter essa flexibilidade desde o momento em que se entra em contato com ele, até a real negociação. O cliente precisa sentir que da forma dele, ele pode ir ‘’acertando’’ suas contas. Se ele se sentir bem com isso, haverá sucesso.


Após a negociação ter sido concretizada, para continuar tendo sua gestão financeira imobiliária sempre em dia, lembre-se de, se possível atualizar seu cadastro, para manter o perfil de seu cliente sempre atualizado. Se preferir, também você pode enviar mensagens curtas próximo ao prazo do pagamento, sempre de forma leve e talvez descontraída, e porque não, incluir em suas mensagens, algo menos casual, como mensagens de feliz aniversário, dia das mães, dia dos namorados, natal, etc. Isso faz com que você de forma carinhosa sempre seja lembrado por esse cliente.


Por fim, vale lembrar que em alguns casos o cliente, pode ter atrasado, criado dividas com você e tudo mais, por apenas estar passando por algo ruim em sua vida, tudo isso se mede da forma em que ele entrou ou não em contato com vocês, da forma que ele se disponibilizou a conversar e resolver o problema, por isso não o trate com indiferença mesmo depois disso tudo, pois há muitas chances de ele não só, quitar tudo que deve, como voltar a comprar, com você, pois sabe que mesmo que algo ruim aconteça, vocês chegaram em um acordo.




0 visualização

Siga-nos nas redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon

Direitos reservados a Marcos Koslopp