Buscar
  • Marcos Koslopp

Usar o Linkedin para vender imóveis vale a pena?

Instagram, Facebook, Twitter, Youtube.Você achou que já tinha visto todas as redes sociais possíveis para fazer vendas. Eis que surge o Linkedin, uma plataforma basicamente voltada para o mercado profissional, que já atingiu milhões de usuários e pode funcionar como uma máquina de vendas em vários segmentos.


Atualmente ela pertence a Microsoft, sendo uma das maiores aquisições da empresa nos últimos anos. E não foi nenhuma loucura do Windows. A rede social já alcançou meio bilhão de usuários ao redor do mundo, sem tendências para parar de crescer.


Só no Brasil já são pelo menos 26 milhões de usuários, com diversos empresários e colaboradores que buscam soluções através da ferramenta. Se você tem dúvidas quanto a utilidade do Linkedin para venda de imóveis, vamos te explicar passo a passo para obter êxito.


Como o usar Linkedin e vender mais imóveis


Agora vamos te passar como tirar o máximo de proveito deste recurso para achar pessoas alvo a vendas. Será necessário segmentar para um público especifico de começo.

Trabalhe com Marketing Digital e temas como Buyer Persona, que significa uma representação de ficção em busca do seu cliente ideal, analisando os comportamentos e passos desse cliente, além do que ele se preocupa, quais as dores ele sente atualmente.


Todas as informações serão de extrema importância para o processo de marketing na rede, onde é possível ter vários relatos de empresas que consideram ter mais vendas e gerar mais leads através do Linkedin.


Os principais passos para identificar o perfil da persona que você deseja vender os imóveis


Sexo: Imóveis podem ser comprados tanto por homens como mulheres, não tendo um gênero especifico para decisão de investimentos. Procure pesquisas por pessoas com perfis de alto padrão na plataforma.


Faixa Etária: Em geral os investidores costumam ser pessoas mais maduras, entre 25 e 50 anos. Porém muitos jovens já vêm se motivando para investir no mercado. É viável segmentar também para o público mais novo.


Localização: Na prática é mais fácil segmentar por localizações mais próximas, facilitadas pela proximidade do vendedor (você) como do lead (possível comprador). Pense nesse exemplo: Se você trabalha em São Paulo, mas encontra muitos interessados em uma região imobiliária forte como Balneário Camboriú, não tem por que perder o negócio se for vantajoso.


Mídias que o interessado utiliza: Não adianta você expor o seu perfil para possíveis clientes que pouco utilizem o Linkedin, como muitos que fazem uma conta, porém não tem publicações, não interagem com outras conexões ou que pouco entram na plataforma. Se possível verifique se ele tem outras mídias sociais, como Facebook ou Instagram, além da frequência que entram por lá.


Informações secundárias: Busque informações adicionais com os usuários do Linkedin que você prospectou. Isso inclui como se gosta de viajar, quais padrões de imóveis ele mais tem preferência ou teto salarial, para ter uma média do giro de capital que ele possui.


Métodos para criar sua Buyer Persona


Após ter em mente todos os desafios para a construção de sua estratégia a persona alvo, você deve se fazer algumas perguntas.


Como os seus empreendimentos imobiliários podem ajudar estar personas a cumprir os seus desafios e mudar de vida?


O material publicitário de sua empresa precisará ter impacto aos consumidores, sendo elaborado de acordo com a necessidade deles, ou seja, atender as suas dores. E qual o método mais recomendado para criar a minha Buyer Persona?


Você pode se basear no perfil dos clientes que já teve negócio no passado, mesmo sem a relação presente das redes sociais. Mas os gostos e desejos podem ser parecidos a estes, como localização e hobbies, além de cidades para escolher investir.


Estar a muito tempo neste negócio irá facilitar as suas negociações com a persona alvo, pois passa credibilidade e segurança caso você seja um corretor de sucesso. Você pode criar a representação de seu cliente com o Linkedin.


Pegue um ponto especifico para iniciar a sua pesquisa, e ainda você irá pesquisar por outros perfis, com a mesma característica. Uma boa dica é procurar por conexões de clientes que você tenha realizado alguma venda, pois é provável que ela vá tomar informações com seu último lead que gerou resultado.


Use o Text Ads


É a opção do Linkedin mais parecida com os anúncios do Google Ads. Pode te gerar tráfego com anúncios fáceis de serem criados. O objetivo é atingir as suas primeiras vendas seja qual for o segmento, não apenas de imóveis. Com o passar do tempo, você poderá atingir lucros no tráfigo orgânico, onde o seu perfil será requisitado sem precisar de anúncios.


Viu como usar o Linkedin para vendas também é lucrativo? Todo trabalho de prospecção quando bem feito pode gerar resultados e quanto mais profissional e competitivo você buscar ser, mais chances de destaque terá.




0 visualização

Siga-nos nas redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon

Direitos reservados a Marcos Koslopp